Uma outra independência do Brasil?

Em maio de 2020, participei do Congresso Virtual da UFBA, primeiro congresso da universidade totalmente online. Apresentei na categoria de intervenções artísticas, o vídeo etnográfico “Uma outra independência do Brasil?”.

Abaixo, o release da minha intervenção artística:
“O vídeo etnográfico “Uma outra independência do Brasil?” é parte dos resultados da pesquisa de pós-doutorado da historiadora Priscila Cabral Almeida, realizada no Núcleo de Pesquisa em Administração da UFBA. A pesquisadora faz uma reflexão sobre os sentidos da resistência na Festa do Dois de Julho em Salvador (Bahia, Brasil), através da observação participante e da coleta de imagens em edições contemporâneas da festa (2016 a 2019). O vídeo etnográfico questiona as inscrições sobre a independência do Brasil na memória oficial nacional e, através de um exercício de imaginação sociológica, provoca o espectador a projetar uma outra independência para o Brasil.”

Pesquisa, Roteiro, Direção e Edição/Research, Script, Directio and Edition – Priscila Cabral Almeida Captação de Imagens/Images Capture – Daniela Szwertsarf e Priscila Cabral Almeida

In May 2020, I participated in the UFBA Virtual Congress, the university’s first fully online congress. In the category of artistic interventions, I presented the ethnographic video “Another independence of Brazil?”.

Below, the release of my artistic intervention:

Below, the release of my artistic intervention:
“The ethnographic video “Another independence from Brazil?” is part of the results of the postdoctoral research by historian Priscila Cabral Almeida, carried out at the UFBA Administration Research Center. The researcher reflects on the meanings of resistance at the Dois de Julho Festivity in Salvador (Bahia, Brazil), through participant observation and image collection in contemporary editions of the party (2016 to 2019). The ethnographic video questions the inscriptions about Brazil’s independence in the national official memory and, through of an exercise in sociological imagination, it provokes the viewer to project another independence for Brazil.”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s